Menu

userImg showBgrSwitcher

Design de Fundo por

userImg

Obrigado!

Menu

A história de Paul e Alice, o Cooper

Aqui estava eu. O oficial da alfândega ficou abanando um papel amarelo na frente do meu nariz. Considerando seu olhar, acho que estava prestes a explodir. Não entendi palavra alguma, mas achei charmoso o jeitinho dos argentinos pronunciarem o “R”.

Retrospectiva. Meu nome é Paul e tenho uma vida mais ou menos normal em Munique. Já estava quase concluindo a faculdade de engenharia, 20 e tantos anos, boas perspectivas profissionais. Se o meu currículo continuasse assim, logo teria um apartamento nos arredores de Munique com um pequeno jardim, trabalharia de terno e gravata em uma multinacional e teria uma perua azul Premium na garagem – tudo dando certo na vida. Mas a realidade foi diferente e por isso, estou escrevendo aqui.

Alice the Cooper
Alice, o Cooper: de um site de compra de veículos online via transporte marítimo até a Argentina

Com o final da faculdade tão próximo, tive, de repente, aquela ideia. Viajar uma vez pela América do Sul – em um MINI. “Com um carro offroad, qualquer um consegue”, foi a minha resposta para meus amigos que questionaram o “porquê” da empreitada. Sem pensar muito, contratei o transporte do carro de Hamburgo para Buenos Aires. Quando o armador solicitou o número da carroceria, o problema ficousurgiu: eu não possuía nenhum MINI ainda. Mas em pensamento, já via o carro na minha frente: queria que fosse vermelho, uma cor que combina bem com a América do Sul, um Cooper e obviamente conversível. Isso ainda acrescenta um que de loucura, além disso, posso ver mais sem o teto. E enfim, encontrei o meuMINI, online. Super bem conservado, mas com muitos quilômetros rodados. Apaixonei-me imediatamente após o teste drive. Mas não foi possível levar o carro no ato. “Ainda vou precisar do MINI nas próximas 2 semanas.” Xiii, vai ficar em cima da hora com a data de embarque.

Alice the Cooper
Muvuca colorida: a capital argentina com artistas, esporte e engarrafamentos

Duas semanas mais tarde: “Será que conseguiremos chegar ao porto até às 8 horas?” Meu amigo nem respondeu à minha pergunta. Há mais ou menos uma hora estava babando atrás do volante e não queria mais liberar a faixa da esquerda.! Mas conseguimos chegar! No último minuto o meu MINI foi carregado no navio. A viagem poderia começar.

Alice the Cooper
Engarrafamento: o teto aberto oferece oportunidades de vendas a cada cruzamento

E agora aqui estava eu. Quem diria que a minha grande aventura começaria – ou talvez também terminasse – com esse sujeito da alfândega argentina. Ele continuava abanando aquele papel amarelo. Mas por sorte logo apareceu Gabi, a minha agente alfandegária. Cumprimentou o oficial com beijinho e entregou o documento faltante, depois disso o oficial parecia tão manso como um cachorro, acalmado pelo dono com um osso.

Alice the Cooper
Buenos Aires: uma megacidade com construções impressionantes, muitos cachorros e alguns MINIs
Alice the Cooper
Porto de Buenos Aires: Globetrotters alemães com o seu veículo de viagem já apresentando marcas de uma longa viagem

Saindo com o meu carro, logo mergulhei em um mar estático de luzes: hora do rush em Buenos Aires. Depois de 2,5 horas e aproximadamente 2 litros de suor, enfim consegui vencer os 10 km até a casa de meu amigo Pablo. O primeiro trecho com o meu MINI na América do Sul já me deixou exausto. Antes de deitar, dei uma volta no meu carro. Quase não acredito, conseguimos mesmo. Tínhamos pela frente ainda muito asfalto quente, curvas arriscadas e uma paisagem de tirar o fôlego – o suficiente para viver a aventura de minha vida. “Boa noite.” Dei um tapinha na traseira do meu MINI e fui deitar.

Compartilhe

facebook
googlePlus
pinterest
stumbleUpon
E-Mail
separe os endereços com uma vírgula

Comentáriosnts (4)

Yorman Arley Giraldo O

postado por Yorman Arley Giraldo O | 17.06.2012 14:44

Muy agradabele tu historia, me ha dejado una gran sonrisa. Saludos desde Colombia. Yo también amo a MINI.

Marcos Vicente Reis Junior

postado por Marcos Vicente Reis Junior | 23.05.2012 14:02

this german guy knows how to live... =)

OriginalCrazyhH

postado por OriginalCrazyhH | 23.05.2012 12:40

Love this story and cannot wait to hear more on the journey... As I drive to work today (in my red convertable Cooper S with top down) will be thinking of Paul cruising where no Mini has been before....

Jordi Batlle Suñé

postado por Jordi Batlle Suñé | 23.05.2012 12:18

Very crazy and interesting adventure. Wish you the best, dude! :)

MINIPassion Club: 8 Países, 10 Cidades, 12 Dias

18. julho 2014
MINIPassion Takes Europe: 8 Countries, 10 Cities, 12 Days

8 países, 10 cidades e 3.750 quilômetros em 12 dias - este é o balanço da Europa Tour feita pelo MINIPassion Club da Turquia. Descubra aqui o que os MINIacs viveram em sua viagem pelo continente.

Monte seu próprio o LEGO® Classic Mini

25. julho 2014
Build Your Own Icon in 1077 Tiny Elements: Introducing the LEGO® Classic Mini

Descubra como montar um Classic Mini a partir do zero, mesmo que você não seja especialista em mecânica.

MINI Space Seleção Musical: Trilha para Desbravar o Oeste

24. junho 2014
MINI Space Mixtape: Tracks for a Road Trip West

Não há momento melhor que o verão para sair rumo ao oeste, jogar todos os mapas fora e pisar fundo no acelerador até chegar à costa oeste. Deixe que essa trilha defina o ritmo da sua viagem.

Dezeen and MINI Frontiers: Evolução do Carro com Daisy Ginsberg

09. julho 2014
Dezeen and MINI Frontiers: Evolving Cars with Alexandra ‘Daisy’ Ginsberg

A designer e pesquisadora Daisy Ginsberg arrisca uns palpites sobre o futuro da biologia sintética e como os novos materiais poderão mudar a forma como dirigimos.

Onde MINI é feito: Conheça o mestre da aerodinâmica

27. junho 2014
Where MINI Gets Made: Meet Aerodynamic Ace Andreas Glockshuber

Entre no estúdio do MINI e conheça Andreas Glockshuber, um membro da equipe MINI que tem um papel singular e um ambiente de trabalho inusitado.

Dezeen and MINI Frontiers: Avatares Automotivos

29. julho 2014
Dezeen and MINI Frontiers: Automotive Avatars with Matthew Plummer-Fernandez

O designer Matthew Plummer-Fernandez se interessa pelo futuro das interfaces de softwares e concentra seu trabalho em avatares personalizados que podem mudar para sempre a forma com interagimos com nossos carros.